Eu amo minha cama

xjdhjf

Eu amo minha cama. Essa é a afirmação mais simples e lógica da vida.  Acho que você deve amar ou pelo menos gostar da sua também, afinal, como uma certa propaganda de colchões diz “você passa 1/3 da sua vida sobre ela” ou algo do tipo. Acho que já devo ter passado 2,8/3 da minha vida sobre uma cama. Não só dormindo. Eu almoço na cama, leio na cama, assisto séries e filmes na cama, enquanto escrevo esse texto eu estou deitada na cama. É nela que me sinto segura. Minha cama é minha ilha deserta onde eu tenho controle total desse pequeno pedaço da minha vida.

Mas camas não duram para sempre. Ao longo da vida eu já devo ter tido umas cinco camas diferentes. Eu digo cama minha mesmo. Que fica no meu quarto. Todas elas foram diferentes. Teve o berço, a cama com grade, a cama de solteiro até chegar a atual: minha cama de casal. Minha mãe queria que eu trocasse de cama e eu disse ” Mãe, para de se preocupar se minha cama é grande demais para o meu quarto. A cama é minha e eu amo ela.” Isso tudo é verdade mas me fez lembrar da última vez que eu troquei de cama. Eu dizia que amava a outra e eu realmente a amava. Amava o fato dela ter dois colchões e eu me afundar quando deitava nela. Amava o fato de não conseguir colocar os pés no chão por ela ser alta. Eu me sentia a princesa do conto “A Princesa e a ervilha”. Mas um dia eu ganhei a cama de casal e nunca mais quis saber da outra. A cama de casal me proporcionou algo que era novo e eu gostava dela. Isso me fez pensar que relacionamentos são como camas.

Ao longo da vida você terá vários relacionamentos. Todos eles serão bons e confortáveis durante todo o período em que você desfrutar dele, mas vai chegar um momento em que aquele relacionamento ficará apertado. Você terá que se encolher para se adequar a ele ou talvez ele fique duro e tudo o que vai fazer será te machucar ou simplesmente um dia você vai querer acabar com aquele alguém pelo desgaste ou porque precisa de algo novo. Mas você não vai se esquecer daquele antigo relacionamento do nada. Você vai ter que se acostumar a ele. No começo vai ser estranho, pode sentir ate um desconforto, mas você sabe que com um tempo tudo se ajeita. Mas se não ajeitar não há problema em voltar para aquele que você deixou encostado. A vida é feita te arrependimentos e reconhecimentos.

Mas fato é que não da pra viver sem um amor da mesma forma que não da pra ficar sem uma cama. Você pode ate dormir na cama de alguém ou ter um colchonete mas no fundo tudo o que você realmente quer é uma cama pra chamar de sua. Assim como um amor pra chamar de seu.

xoxo

blog

Um comentário sobre “Eu amo minha cama

Comenta ae...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s