Sobre peso, amor próprio e “gordura”

hjhj

Não é a primeira nem a ultima vez que esse assunto será polêmica nas redes sociais. Hoje um post da Bruna Vieira do Depois dos Quinze me chamou atenção. Resumindo, na descrição da foto ela falava que o peso dela diz respeito somente a ela e como as pessoas são sem noção e sem educação quando criticam os outros, no caso, ela foi criticada por certas pessoas que diziam que ela tinha ficado gorda no vestido que ela usou na festa da Revista Quem. Ela chamou atenção não só pro fato das pessoas desrespeitarem ela, mas sim de não se importarem com as pessoas que vão ler, porque o publico da Bru é de meninas jovem no geral, e algumas dessas meninas sofrem com problemas de peso, problemas sérios que levam a baixa estima, auto mutilação e até a morte. Julgar o outro quando você está escondido por uma tela de computador ou de celular é fácil (para ver o post completo da Bruna clique aqui). Você não tem que arcar com as consequências.

Mas o que mais me fez refletir foi sobre o “peso ideal” que as pessoas tanto falam. Existe peso ideal? Existe corpo ideal? Na pré-história as mulheres mais atraentes eram as gordas, pois isso significava saúde, fartura e que poderiam gerar filhos muito bem. Nos EUA o padrão de beleza das mulheres é corpo bem magrinho e peitões. No Brasil é um corpo com muitas curvas. Coxão, bundão, cinturinha e peitões. Quem não se encaixa nesse tal “padrão de beleza” faz o que? Se mata na academia? Faz dietas malucas? Faz cirurgia plástica? Fica solteira pelo resto da vida? No meu caso, que não me encaixo, eu simplesmente ignoro.

Alguns vão dizer “Mas Lívia, você é tão magrinha, é fácil pra você falar”. Já ouvi muito isso, e sinceramente, eu fico muito – por falta de expressão melhor – puta quando dizem isso. Sou “magra”? Sim, eu sou e sei disso. Peso 54 quilos, mas isso não significa que sou inimiga das “gordinhas” e que saio por ai esnobando. Tenho um metabolismo muito rápido e não sou de comer muito, me sacio muito rápido. Só por isso tenho que ficar calada quando vejo uma pessoa que está sendo criticada por estar acima do peso? Acho que não!

Pouca gente sabe disso, mas quando tinha uns 13 anos eu era obcecada por emagrecer e na época eu era bem mais magra. Tomava vinagre porque tinha lido que fazia emagrecer. Ficava sem jantar com medo de engordar. Me olhava no espelho e via uma bola no lugar da minha barriga. A cada dia eu ficava mais obcecada em ter uma barriga negativa e a cada dia eu me via mais gorda. Não falava isso pra ninguém e sozinha consegui superar, graças a Deus. O que quero dizer é que algumas pessoas olham pra mim e acham tão fácil falar “ahh, mas você pode comer de tudo, você é magra”, mas na verdade eu tenho muito cuidado com a minha saúde. Por anos fiz natação, mas parei já tem uns 9 anos e nesse tempo fiquei sem fazer nenhum exercício. Hoje em dia sou uma pessoa super ansiosa e sedentária. Há uns três meses comecei a fazer aeróbica porque percebi que precisava mudar esse estilo de vida. Ou seja, nem sempre magreza significa saúde, da mesma forma de gordurinha significa feio.

Há uns anos se me perguntassem “Lívia, você gostaria de ter um corpo de Panict?”, eu com certeza responderia “SIM!!!”, mas hoje não me importo em ter um metro de coxa e tem uma bunda que cabe numa calça 38. Me preocupe em ter saúde. Isso também vale pra guira que veste 42. Não fique neurótica em entrar num 34 minha querida. Pense somente na sua saúde e principalmente em se amar. Ame suas gordurinhas e as suas coxas lindas! No meu caso, eu digo, ame sua bunda seca (hehehehe). Não se martirize por não ter o corpo das Angels da Victoria Secret. A vida vai além da imagem e você é muito mais do que um corpo. Você é conteúdo, é beleza de alma, é mente e é coração.

xoxo

blog

Comenta ae...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s