Porque é mais fácil fugir

Processed with VSCOcam with b5 preset

O que aconteceu? Parte de mim ainda está tentando entender como tudo pode ir tão bem e depois tão mal.

“Lívia, você sumiu de novo.”. É, eu sei, e me sinto péssima por isso vou contar o que aconteceu…

Quando eu estava escrevendo o último post com a resenha de “Um Dia” eu recebi a notícia que o blog estava sem espaço para adicionar mídia. O que é mídia? (pra quem não sabe). Mídia é todo o espaço de fotos e vídeos que tenho para anexar e colocar nos posts e esse espaço estava lotado. Com isso eu fiquei incapaz de fazer qualquer post que necessitasse de uma foto, mas isso é fácil de resolver, é só comprar o pacote premium do WordPress, mas ele custa 100 reais e no momento eu não posso gastar esse dinheiro porque uma segunda coisa aconteceu. Eu perdi meu estágio. É agora estou desempregada. O setor aonde eu trabalhava mudou de turno e coincidiu com meu horário da faculdade, então não tive escolha.

Quando eu me dei conta das coisas que tava acontecendo comigo no começo eu só chorei. Não entendia como num dia estava tudo certo e no outro não. Aqui no blog eu tinha conseguido finalmente me atualizar em todas as tags, as vezes eu atrasava em um assunto ou outro, mas dava conta, no estágio estava puxado, ma eu gostava de lá, a equipe é ótima, e eu tinha acabado de fazer uma conta grande (tive que comprar um celular novo porque o meu quebrou como já contei aqui) então não podia me dar ao luxo de sair. E aí, PUF, o blog não era mais uma opção e meu estágio, bom, tchau tchau.

Como eu disse, no começo eu chorei, mas depois eu só ria, ria da ironia da vida. Isso é um aviso de que você não deve abaixar a guarda um minuto, porque quando você se acomoda você leva uma rasteira da vida que te derruba e te deixa no chão sem ar.

Sinceramente, não sei o rumo disso. Eu estou escrevendo porque precisava falar, precisava me explicar, me incomodava entrar todo dia no blog e me deparar com aquele post parado sem explicação da minha ausência, como seu tivesse sido abduzida. Essa não sou eu. Eu sou comprometida, sou metódica, e isso estava me tirando o sono. Eu ainda não sei o que vou fazer, obviamente não posso pagar agora que estou desempregada, mas ficar parada não estava me levando a nada, pelo menos assim eu sei que parte da minha vida está resolvida, ou pelo menos explicada.

A respeito do meu emprego, não vou procurar nada agora poque tenho que fazer as aulas de moto da auto escola ( a proposito, passei na prova e carro, pelo menos uma coisa boa!!!!) e no mês de outubro vou ficar com a minha vó porque ela vai operar, então por enquanto eu vou ficar em casa, até porque a faculdade está cada vez mais puxada, mesmo ficando em casa de manha e a noite estou dormindo mega tarde para poder dar conta dos trabalhos infinitos, esse é o semestre das maquetes, ou seja, muitas horas de trabalho.

Tento controlar meu lado dramático, mas as vezes é bom deixar ele sair um pouco. Como eu disse, não sei o que vai acontecer, mas prometo que avisarei vocês. Isso não é um adeus, é um “até mais”.

xoxo

blog

Comenta ae...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s