Porque é mais fácil fugir

Processed with VSCOcam with b5 preset

O que aconteceu? Parte de mim ainda está tentando entender como tudo pode ir tão bem e depois tão mal.

“Lívia, você sumiu de novo.”. É, eu sei, e me sinto péssima por isso vou contar o que aconteceu…

Quando eu estava escrevendo o último post com a resenha de “Um Dia” eu recebi a notícia que o blog estava sem espaço para adicionar mídia. O que é mídia? (pra quem não sabe). Mídia é todo o espaço de fotos e vídeos que tenho para anexar e colocar nos posts e esse espaço estava lotado. Com isso eu fiquei incapaz de fazer qualquer post que necessitasse de uma foto, mas isso é fácil de resolver, é só comprar o pacote premium do WordPress, mas ele custa 100 reais e no momento eu não posso gastar esse dinheiro porque uma segunda coisa aconteceu. Eu perdi meu estágio. É agora estou desempregada. O setor aonde eu trabalhava mudou de turno e coincidiu com meu horário da faculdade, então não tive escolha.

Quando eu me dei conta das coisas que tava acontecendo comigo no começo eu só chorei. Não entendia como num dia estava tudo certo e no outro não. Aqui no blog eu tinha conseguido finalmente me atualizar em todas as tags, as vezes eu atrasava em um assunto ou outro, mas dava conta, no estágio estava puxado, ma eu gostava de lá, a equipe é ótima, e eu tinha acabado de fazer uma conta grande (tive que comprar um celular novo porque o meu quebrou como já contei aqui) então não podia me dar ao luxo de sair. E aí, PUF, o blog não era mais uma opção e meu estágio, bom, tchau tchau.

Como eu disse, no começo eu chorei, mas depois eu só ria, ria da ironia da vida. Isso é um aviso de que você não deve abaixar a guarda um minuto, porque quando você se acomoda você leva uma rasteira da vida que te derruba e te deixa no chão sem ar.

Sinceramente, não sei o rumo disso. Eu estou escrevendo porque precisava falar, precisava me explicar, me incomodava entrar todo dia no blog e me deparar com aquele post parado sem explicação da minha ausência, como seu tivesse sido abduzida. Essa não sou eu. Eu sou comprometida, sou metódica, e isso estava me tirando o sono. Eu ainda não sei o que vou fazer, obviamente não posso pagar agora que estou desempregada, mas ficar parada não estava me levando a nada, pelo menos assim eu sei que parte da minha vida está resolvida, ou pelo menos explicada.

A respeito do meu emprego, não vou procurar nada agora poque tenho que fazer as aulas de moto da auto escola ( a proposito, passei na prova e carro, pelo menos uma coisa boa!!!!) e no mês de outubro vou ficar com a minha vó porque ela vai operar, então por enquanto eu vou ficar em casa, até porque a faculdade está cada vez mais puxada, mesmo ficando em casa de manha e a noite estou dormindo mega tarde para poder dar conta dos trabalhos infinitos, esse é o semestre das maquetes, ou seja, muitas horas de trabalho.

Tento controlar meu lado dramático, mas as vezes é bom deixar ele sair um pouco. Como eu disse, não sei o que vai acontecer, mas prometo que avisarei vocês. Isso não é um adeus, é um “até mais”.

xoxo

blog

Quem nunca se apaixonou no ponto de ônibus?

large

Quem nunca se apaixonou no ponto de ônibus? Ou na fila do caixa? Aquela paixão de cinema. Aquela paixão de “fogo de palha” como dizem os mais velhos. Que arde intensamente, mas que apaga logo. Ela pode não dar em nada, mas a sensação é única.

Primeiro tem o contato visual. Você esta andando na rua e vê na outra esquina um cara que é tudo aquilo que você sempre imaginou como sua cara metade. Estiloso, cabelo com cachinhos bagunçados, alto, um moreno lindo. Ele abaixa para amarrar o cadarço e você se toca de que estava encarando ele e fica corada, sentindo o rubor nas bochechas.

Então você vai andando, mas logo procura um lugar para sentar só para não perder aquela imagem do seu campo de visão e então, no momento que ele vai passando na sua frente ele pega e te olha e você sente que ele pode ver seus olhos através da lentes escuras do seu óculos com a mesma facilidade que ele pode enxergar seu coração e você o olha com a mesma intensidade e por um momento o tempo para, a música toca, o vento sopra como em um comercial de TV. Ele abaixa de leve o queixo e pisca, o mundo volta a girar com a velocidade normal e o cara não esta mais no seu campo de vista. Você sabe que talvez jamais o verá novamente, mas guarda a imagem dele no seu coração e agradece por ele ter te proporcionado esse romance leve e sem corações partidos que durou muito menos do que o tempo que você levou para ler esse texto.


Gente, esse texto faz parte de um dos muitos que eu tenho escrito, tenho um pouco de vergonha, mas decidi compartilhar com vocês, leio muito e isso acaba me inspirando, então escrevo para liberar a alma. Espero que gostem dessa novidade.

xoxo

blog

Sobre faculdade, tempo e coisas novas.

lidow_201522581656961

Na maioria das vezes as coisas não saem conforme os nossos planos, a vida é muito imprevisível, então não temos como saber o que vai acontecer amanhã, muito menos a um mês. Por exemplo, meus planos para o feriado de Páscoa eram de ficar em casa me afogando em estudos, posts e sérires, mas eu estou no momento numa barraca em Aracruz (ES) escrevendo esse post. Meus planos caso eu entrasse na faculdade eram de continuar a postar como sempre, mas pelo que vocês podem ver isso não aconteceu.

Meus dias têm sido assim: acordar 5:40, entrar no estágio 7:00, almoçar 11:00, chegar na faculdade 12:30, sair da faculdade 18:30 e ir para a auto escola. De madrugada eu estudo até meia noite ou uma da manhã dependendo do meu estado e das aulas do dia seguinte. Nos fins de semana eu tenho que estudar para as provas, que não são nada básicas, além dos trabalhos e projetos. Vocês agora devem entender porque ando sumida por aqui, eu ando sem tempo de encostar no notebook. Meus planos agora para esse feriadão é escrever até meus dedos doerem e depois escrever mais um pouco.

Vou tentar deixar o maior numero de posts agendados, mas minha presença na pagina do blog no facebook já não será tão constante. Vocês podem me acompanhar com maior frequência no instagram (@lamlivia).

Torno a dizer que por enquanto não tenho planos de abandonar o blog, talvez um dia isso seja necessário, mas por enquanto vocês terão que me aturar mais um pouquinho…

xoxo

blog

Olá! Voltei :)

lidow_201531517650535

Olá queridos e queridos!!! Estranharam minha ausência nessas semana? Antes de me apedrejarem quero dizer que isso tudo têm um porque. E são dois principais motivos:

O primeiro deles é que na segunda, dia 1º eu levei meu notebook para formatar, então fiquei sem ele durante toda a semana. Só peguei na sexta. Já tinha alguns posts agendados, mas não acessei o facebook do blog então não tive como divulgar.

Na sexta a tarde peguei meu note na loja, mas só teria tempo de baixar os programas e reorganizar minhas pastas no final de semana, mas aí ocorreu um pequenino problema familiar e acabei ficando sem tempo. Para somar a isso tudo teve a faculdade. E isso é outra coisa que tinha que falar com vocês.

Agora estou estudando Arquitetura e Urbanismo no IFES (Instituto Federal do Espirito Santo – Campus Colatina) e mesmo estando só na segunda semana eu já estou um pouquinho cheia e bastante cansada. Pra vocês terem ideia semana passada eu tinha projetos particulares para entregar então mal tinha tempo de acessar meu email, isso explica até porque dei uma sumida do Instagram.

Bom, isso tudo é pra dizer que sim, vocês vão me ver bem menos por aqui e nas redes sociais devido a minha agenda hiper apertada que se dividi entre estágio, faculdade, autoescola e vida pessoal. Mas isso não significa que vou desistir do blog. Eu sempre quis muito estudar o curso que eu amo numa faculdade federal e é muito bom realizar esse sonho, mas ter o blog também é um sonho antigo e eu não vou abandona-lo. Logicamente vocês vão me ver bem menos por aqui, principalmente nessas primeiras semanas, até eu me acostumar com a rotina. Mas espero o mais rápido possível conseguir ter tempo para escrever.

Só peço duas coisas a vocês: que não me abandonem nessa aventura e que tenham paciência. Adoro vocês!!!

xoxo

blog